Radar

Festival gratuito exibe online 106 filmes com temas socioambientais de 35 países

Compartilhe

Começa nesta quarta-feira (27) a 11ª edição da Mostra Ecofalante de Cinema, evento que até 27 de agosto exibirá 106 filmes de 35 países sobre questões socioambientais. Eles poderão ser vistos pela internet e também em cinemas e espaços culturais das cidades de São Paulo e Piracicaba – no link abaixo deste texto você poderá ver a programação.

Entre os destaques estão os documentários indicados ao Oscar “Ascensão”, da sino-americana Jessica Kingdon, e “Escrevendo com Fogo”, dos indianos Sushmit Ghosh e Rintu Thomas – este último ganhou o prêmio do público no Festival de Sundance em 2021. Os dois filmes integram Panorama Internacional Contemporâneo, que está organizado a partir dos eixos Ativismo, Biodiversidade, Economia, Emergência Climática, Povos & Lugares e Trabalho.

Uma das atrações do festival é a homenagem ao cineasta francês Jacques Perrim (1941-2022), que morreu em abril deste ano. Serão exibidos quatro filmes seus, um como produtor (“Microcosmos”) e três como co-diretor – “As Estações”, “Oceanos” e “Migração Alada”. A retrospectiva da francesa Sarah Maldoror (1929-2020) acontece em razão dos 50 anos de “Sambizanga” (1972). Considerado uma obra-prima, premiado no Festival de Berlim, foi o primeiro longa-metragem realizado na África por uma mulher negra.

O evento celebra também os 40 anos do longa “Koyaanisqatsi”, de Godfrey Reggio, um clássico do cinema socioambiental. Dentro da mostra acontece também a Competição Latino-Americana, na qual concorrem 35 filmes, 15 longas e 20 curtas-metragens. O evento realizará ainda oito debates, presenciais e online.

Clique aqui para saber mais sobre os filmes que serão exibidos e para ver a programação.

O COMPROMISSO DA RIACHUELO COM AS FUTURAS GERAÇÕES

Artigo anterior

ONU declara que meio ambiente saudável é um direito humano

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado.